O Arquipélago da Madeira situa-se no Oceano Atlântico e está a seiscentos quilómetros da costa de África, a cerca de novecentos do cabo de São Vicente, no continente europeu e a oitocentos e cinquenta quilómetros da ilha açoreana mais próxima, a Ilha de Santa Maria. É formado pelas ilhas Madeira e Porto Santo (habitadas) e pelos ilhéus Desertas e Selvagens (reservas naturais). A Ilha da Madeira é de longe a maior. Tem uma área de setecentos e trinta e seis quilómetros quadrados. O comprimento máximo atinge os 57 Km, no sentido Este-Oeste, enquanto a maior largura, Norte-Sul, se fica pelos 23 Km. A Ilha do Porto Santo, visível da costa norte, mede de superfície cerca de quarenta e dois quilómetros quadrados e a escassez de água torna-a muito diferente da ilha da Madeira. A latitude do arquipélago é definida pelos paralelos 32° e 33° Norte. Portugal situa-se entre os paralelos 37° e 42° Norte.

Numa manifestação eruptiva o arquipélago emergiu à superfície do mar há aproximadamente noventa milhões de anos. O anti-ciclone dos Açores é o elemento fulcral para as situações de bom tempo anual; céu limpo, ou quanto muito nuvens de fraco desenvolvimento vertical sem capacidade para gerar chuvas. Os micro-climas determinados pela orografia caracterizada pelo maciço montanhoso central de que fazem parte o Pico Ruivo (1.862metros), Torres (1.851 metros), Areeiro (1.818 metros), Cidrão (1.802 metros) e Cedro (1.759 metros) preservam e mantêm uma vegetação indígena, exótica e agrária. A interligação destes factores e a exposição nas vertentes Sul ou Norte classificam o clima em subtropical seco (costa sul) ou subtropical húmido (costa norte).

Devido a estas características a superfície agrícola utilizada é de "sete mil hectares o que representa cerca de 9% da superfície total da ilha da Madeira e as terras acima dos mil metros de altitude correspondem à quarta parte da superfície total. Acresce que só 11% de toda a superfície apresenta declives inferiores a 16°".

Na costa sul, situa-se a cidade do Funchal com mil e quinhentos habitantes por quilómetro quadrado. A esta população junta-se um "fluxo turístico de cerca de doze mil turistas/dia".

Top