DRAWING IS A VERB [DESENHO É UM VERBO] Colecção Madeira Corporate Services Comissariado [curated by]: Adriano Pedrosa  10.02.2007 > 29.09.2007
Conversa com: João Fernandes, Adriano Pedrosa
e Miguel Von Hafe Pérez > Porta33 > 10.02.2007
Adriano Pedrosa: biografia (resumo)
Adriano Pedrosa is an independent curator, editor and writer based in São Paulo. He has published in Artforum (New York), Art Nexus (Bogota), Art+Text (Sydney), Bomb (New York), Exit (Madrid), Flash Art (Milan) and Frieze (London). Pedrosa was adjunct curator and editor of publications of the XXIV Bienal de São Paulo (1998), co-curator and co-editor of publications of the 27th Bienal de São Paulo (2006), curator of Museu de Arte da Pampulha, Belo Horizonte (2001-2003), curator of InSite_05, San Diego/Tijuana (2005). He was a juror of the UNESCO Prize for the Promotion of the Arts (Istanbul Biennial, 2001), of the Prémio EDP Novos Artistas (Serralves Museum, Porto, 2003), and of the Hugo Boss Prize (Guggenheim Museum, New York, 2004). He has worked with art fairs—giving talks, organizing debates, as well as curating special sections—such as Miami Basel, Circa, in San Juan, Arco, in Madrid, and Zona Maco, in Mexico City. Currently he is curator of Coleção Paulo A. W. Vieira (Rio de Janeiro and São Paulo), Colecção Teixeira de Freitas (Lisbon), and Colecção Madeira Corporate Services (Funchal, Portugal), and he is artistic director of the 2nd Trienal Poli/Gráfica de San Juan, Puerto Rico (2009).




João Fernandes: biografia (resumo)
João Fernandes conclui em 1985 a Licenciatura em Línguas e Literaturas Modernas na Faculdade de Letras da Universidade do Porto. Entre 1987 e 1995 é professor e investigador em Estudos Linguísticos no Instituto Politécnico do Porto. Entre 1992 e 1996, organizou como comissário free-lancer três edições das Jornadas de Arte Contemporânea do porto. Organizou e comissariou igualmente as representações portuguesas na 1ª Bienal de Arte Joanesburgo [1995] e na 24ª Bienal de Arte de São Paulo. Desempenhou desde 1996 até Janeiro de 2003 as funções de Director Adjunto do Museu de Arte Contemporânea da Fundação de Serralves onde comissariou várias exposições. É desde Fevereiro de 2003 Director do Museu de Arte Contemporânea de Serralves.
João Fernandes tem vindo a participar, com alguma regularidade, na actividade da Porta 33 onde realizou diversas palestras sobre as exposições: Aproximando pessoas criativas de Francisco Tropa (2002); Os caminhos da água e do corpo sobre a terra de Alberto Carneiro (2003); João Paulo Feliciano (com Miguel Wandschneider) (2004) e Pedro Cabrita Reis (2006).




Miguel von Hafe Pérez: biografia (resumo)
Miguel von Hafe Pérez nasceu no Porto em 1967, onde concluiu a Licenciatura em História de Arte na Faculdade de Letras da Universidade do Porto. Entre 1988 e 1995 colaborou com a Fundação de Serralves coordenando os serviços educativos.
Crítico de arte, docente universitário e comissário de exposições, foi responsável pela área de Artes Plásticas e Arquitectura da Porto 2001, Capital Europeia da Cultura. Entre 2003 e 2005 foi comissário convidado no Centre d’Art Santa Mónica em Barcelona. Actualmente é responsável pelo projecto www.anamnese.pt da Fundação Ilídio Pinho, onde integra o Conselho das Artes que está a constituir uma colecção de arte contemporânea portuguesa. Autor do livro Propostas da Arte Portuguesa: Posição 2007 (Fundação de Serralves/Público, 2007) é Membro do Conselho Editorial da Universidade do Porto.

Top