rés-do-chão 1 andar: sala 1 / sala 2conversa

 

Uma escultura na cidade

            A presente mostra reúne algumas peças de escultura de Amândio de Sousa, em três núcleos distintos. O primeiro, intitulado “Uma escultura na cidade”, visa enquadrar e divulgar o propósito, surgido em Dezembro de 2016 por iniciativa de um grupo de cidadãos, de realizar uma subscrição pública para viabilizar a colocação de uma peça abstrata de Amândio de Sousa na cidade do Funchal. Apresenta-se neste núcleo a informação relativa a essa subscrição, bem como uma simulação da sua implantação no Parque de Santa Catarina.
            Acompanham esta visualização exemplares da peça em dois formatos distintos: a pequena dimensão, que é a da vertente ensaística, pois facilita a manipulação e o estudo das variações possíveis; a escala média, que nos convida a um frente a frente, a uma deambulação em seu redor, proporcionando uma experiência mais próxima da projetada escala arquitectónica. Complementa a elucidação o painel com um desenho técnico da autoria do Arq. Duarte Caldeira. Ao interpretar a estrutura numa linguagem projectual, nem por isso isenta de qualidade estética, clarifica as relações formais e dá a ver uma etapa indispensável para uma definição precisa da forma escultórica e para o equacionamento dos problemas técnicos inerentes ao processo de transpô-la para uma escala monumental.
            A escultura de Amândio de Sousa para o espaço público distingue-se pelo despojamento e pelo equilíbrio, quer enverede por uma figuração arredada do convencionalismo da estatuária tradicional, conciliando o respeito pela volumetria do conjunto com a definição de pormenores simbólicos e identificativos (veja-se, por exemplo a Trilogia dos Poderes, na Assembleia Legislativa Regional da Madeira ou a Justiça, no Tribunal da Ponta do Sol), quer opte por uma não-figuração que explora tensões e contrastes entre formas predominantemente geométricas, caso da peça aqui em destaque, como também da escultura comemorativa em betão colocada na rotunda da Ponta do Sol, obra que lhe valeu um dos três Prémios Secil a nível nacional que testemunham o reconhecimento do seu trabalho.

 

 

 

A sculpture in the city

The present exhibition has collected together some pieces of Amândio de Sousa’s sculptures in three distinct nuclei. The first is called “A sculpture in the city” and has the aim of situating and disseminating the goal formulated in December 2016 upon the initiative of a group of citizens seeking to launch a public fundraising campaign that enabled Amândio de Sousa’s sculpture to be displayed in the city of Funchal. This nucleus gives information based on the crowd funding campaign as well as a model of the sculpture’s locality in Santa Catarina’s Park.
   Several sets of the model may be seen in two different formats: one is on a small scale used to for testing because it is easier to handle and make a study of the possible variations; the medium-size model invites us to look at it by strolling around it thus giving us a closer idea of what the sculpture would look like in real life. A panel showing the technical drawing made by the architect Duarte Caldeira helps to explain the project.  Interpreting the structure in project terms which, nevertheless, is not devoid of aesthetic quality, clarifies the formal relations and allows us to see an indispensable stage leading to the precise definition of the sculptured shape and solves the technical problems arising in the process of adapting it to a monumental scale.
Amândio de Sousa’s sculpture occupying public spaces, is distinguished by its starkness and balance. This holds true whether he deals with the figurative that is far removed from the conventionalism of traditional statues in that it respects the volumetrics of the entire sculpture incorporating identifiable symbolic details (see for example, the Trilogy of the Powers at the Madeira Regional Parliament, or Justice at the Ponta do Sol Courthouse). And it also holds when he chooses the non-figurative that explores tensions and contrasts among predominantly geometrical shapes, as is the case of this particular sculpture but also the concrete commemorative sculpture located in the Ponta do Sor roundabout. The latter sculpture earned him one of the three Portuguese Secil Prizes in recognition of his work.  

 

 

Top