DORA VICENTE
DA LINHA NASCE O ESPAÇO, NO ESPAÇO HABITA O CORPO | Oficinas de movimento e percepção
Escola do Porto Santo — 26 a 30 de Outubro 2021

26-27-28-29-30 Outubro 2021
Antiga Escola da Vila

Da aplicabilidade do conceito de INCLUSÃO. Oficina de movimento e percepção no âmbito do projeto Coalescer de Ana Mira.

A partir do desenho, constrói-se o espaço, imaginário da ação. O corpo que habita o espaço projectado no desenho é também ele receptáculo de pensamentos, sensações e emoções. Uma viagem entre o espaço exterior, o mundo interno, a percepção e as possibilidades de comunicação/interacção, através do desenho e movimento.

PÚBLICO ALVO

Aberta à comunidade em geral, a ação dirige-se, em especial, a todos os que lidam com acessibilidade, inclusão e envelhecimento da população: professores, técnicos, familiares.

INSTITUIÇÕES PARTICIPANTES

Escola Básica e Secundária Prof. Dr. Francisco de Freitas Branco
Escola Básica do 1º Ciclo com Pré-Escolar e Creche do Porto Santo
Externato Nossa Senhora da Conceição
CACI – Centro de Atividade e Capacitação para a Inclusão
Centro de Convívio e do Centro de Dia da Fundação Nossa Senhora da Piedade
Universidade Sénior

DORA VICENTE (bio)

Dora Vicente nasceu em Lisboa, em 1976. Estudou ballet da Royal Academy of Dance na Escola Norma Croner, fez formação no C.E.M. com diversos professores e o Curso de Dança na Comunidade no Fórum Dança. Licenciou-se em Pintura na FBAUL e completou a Pós-Graduação em Psicopedagogia Perceptiva (Método Danis Bois), sendo terapeuta e formadora do Método.
Tem vindo a desenvolver trabalho criativo com diversas faixas etárias, tanto no contexto escolar, como em museus ou em projectos de intervenção artística e social. Da formação em Composição em Tempo Real com Cláudia Dias resultou a peça “Vende-se país solarengo com vista para o mar”.
Em Groningen frequentou as aulas de pesquisa do movimento no Random Collision e criou uma peça com Jaap Kamstra. Em Amesterdão frequentou workshops com as equipas de trabalho de Jan Fabre e Emio Greco, na Henny Jurriens Foundation, trabalhou no Studio Anna Mora e dançou com Kenzo Kusuda.
Como bailarina, participou em várias criações da Poesis Dance (Manuel André Silva), como “Nijinsky ou o Sentimento” do Imprevisto Colectivo (Pedro Paz) e do grupo Coribantes, que criou com colegas da Escola Norma Croner. Foi atuante em vários projectos da Eclipse Arte (António Rodrigues), destacando a peça “Segundo Raio de Luz de Luar”.
Em 2016/17 desenvolveu o Projeto TransHumâncias – BIP/ZIP, da sua autoria, um projecto de artes com a comunidade de Marvila. Actualmente é professora de ballet e dança contemporânea, dá aulas de movimento a crianças com necessidades especiais e de fasciaterapia/movimento orgânico a adultos.

CALENDARIZAÇÃO

26 Outubro (terça-feira)
08h30 | Abertura do Secretariado – Registo dos Participantes
09h00 | Sessão de Abertura com as intervenções do Vice-Presidente do Instituto de Segurança Social da Madeira, IP-RAM, Dr. André Rebelo (em representação da Secretária Regional de Inclusão Social e Cidadania) e do Presidente da Câmara Municipal do Porto Santo, Nuno Batista
09h30 | “O movimento enquanto função unitária do espírito e do corpo”
13h00 | Intervalo para o almoço
15h00 — 18h30 | exercícios de escrita, desenho e movimento

27 Outubro (quarta-feira)
09h00 — 10h00 | exercícios com a participação da Escola Básica e Secundária Prof. Dr. Francisco de Freitas Branco (turmas Artes Visuais 10º, 11º e 12º ano, Professoras Dalila Peixe e Eugénia Miguéis)
14h30 — 15h30 | exercícios com a participação do Externato Nossa Senhora da Conceição (turma do 2º ano do 1º ciclo, Professora Carmen Rodrigues)

28 Outubro (quinta-feira)
09h30 — 10h30 | exercícios com a participação da Escola Básica do 1º Ciclo com Pré-Escolar e Creche do Porto Santo (sala da Pré-Escolar, com a Educadora Abília Santos)
11h30 — 12h30 | exercícios com a participação do CACI – Centro de Atividade e Capacitação para a Inclusão (utentes companhados pela Professora Margarida Galvão)
15h00 — 16h00 | exercícios com a participação da Escola Básica do 1º Ciclo com Pré-Escolar e Creche do Porto Santo (turma do 4º ano do 1º ciclo, Professora Sara Almeida)

29 Outubro (sexta-feira)
10h00 — 11h00 | exercícios com a participação do Centro de Convívio e do Centro de Dia da Fundação Nossa Senhora da Piedade
14h00 — 15h00 | exercícios com a participação da Escola Básica e Secundária Prof. Dr. Francisco de Freitas Branco (turma A do 3º ciclo, Professora Fátima Mesquita e Professor Rúben Nóbrega)
16h00 — 17h00 | exercícios com a participação da Universidade Sénior

30 Outubro (sábado)
09h00 | Abertura do Secretariado – Registo dos Participantes
09h30 | Debate/Reflexão conjunta sobre os temas e as práticas da formação
11h30 | Apresentação de conclusões
12h00 | Trabalho de Avaliação
12h45 | Avaliação da Satisfação
13h00 | Encerramento dos trabalhos

BIBLIOGRAFIA

APREA, Luca. A Cena educacional dos sensíveis e o surgimento da criatividade
Disponível em:
https://www.cerap.org/fr/mouvement-art-et-expressivit%C3%A9/la-sc%C3%A8ne-p%C3%A9dagogique-du-sensible-et-l%E2%80%99%C3%A9mergence-cr%C3%A9atrice 15 Nov. 2007
Site: www.cerap.org

BERGER, Ève. O Sensível e a Criança: um corpo para crescer em consciência ao longo da vida Disponível em:
https://www.cerap.org/fr/p%C3%A9dagogie-de-lenfant/le-sensible-et-l%E2%80%99enfant-un-corps-pour-grandir-en-conscience-tout-au-long-de-la 15 Abr. 2014
Site: www.cerap.org

BOIS, Danis. Le moi renouvelé: Introduction à la somato-psychopédagogie. Edição. Local: Editions Point d'appui, 2006

HODGSON, J. e PRESTON-DUNLOP, Valeri. Introduction a la l'oeuvre de Rudolf Laban, Pierre Lorrain (trad.), Actes Sud, Arles 1990

KATZ, Helena, O corpo e o meme Laban: Uma trajectória evolutiva, In: Reflexões sobre Laban: o mestre do movimento, Maria Mommensohn e Paulo Petrella (org.), Summus, São Paulo, 2006, pp. 51-59 LABAN, Rudolf, Modern educational dance, Lisa Ullmann (rev.), Northcote House, Plymouth, 1988

INFORMAÇÕES
porta33@porta33.com | TM 91 616 57 20

AÇÃO DE FORMAÇÃO

Validada pela Direção Regional de Educação com 13 horas para progressão na carreira docente

“Da linha nasce o espaço, no espaço habita o corpo |oficina de movimento e percepção”, enquanto atividade formativa dirige-se, em especial, aos professores, técnicos da administração pública local e regional que lidam com alunos e pessoas com necessidades educativas especiais, com jovens e adultos com deficiência e, simultaneamente, procura corresponder às necessidades da população sénior que pretende manter-se ativa incentivando práticas que contribuem para o bem estar físico, emocional e mental.

Esta ação centrada na relação entre arte e educação, redesenha na ilha do Porto Santo práticas artísticas e de mediação cultural através da apresentação de metodologias, conceitos e mecanismos de trabalho que incentivam o desenvolvimento das questões sobre inclusão e de acessibilidade física, social e intelectual.

Objetivos específicos
Capacitar os formandos de ferramentas provenientes das práticas somáticas (ginástica sensorial, meditação), do Método Laban (jogo, parâmetros do movimento), da dança contemporânea (improvisação, composição), do desenho e da escrita na relação com o movimento, para a conceção de aulas de movimento inclusiva.
Compreender o Método Laban e a Psicopedagogia Percetiva – Método Danis Bois, como duas abordagens distintas de terapia pelo movimento, que têm em comum a noção de que o equilíbrio do indivíduo depende da harmonia entre corpo e espírito.

Logo República Portuguesa
Logo direcção Geral das Artes
Logo governo
Logo Secretaria cultura
Logo Secretaria educação
finanças
porto santo
Logo Câmara Municipal do Funchal
sociedade de desenvolvimento Porto Santo
Cin
mil folhas
plano nacional das artes