A LUZ QUE HÁ
Exercícios de desenhos orientados por Luísa Spínola
PORTA33 — 23.06.2018 — 27.10.2018

Maria Luísa de Freitas Spínola, nasceu no Funchal em 24 agosto 1962, possui Mestrado em Arte e Património no Contemporâneo e Atual, pela Universidade da Madeira, uma Pós-Graduação em Gestão. pelo ISCTE e Licenciatura em Artes Plásticas / Pintura pelo Instituto Superior de Arte e Design / Universidade da Madeira. Participa, desde 1994, em diversas exposições coletivas e individuais em diferentes áreas (pintura, fotografia, serigrafia, desenho e instalação).
Ilustrou livros infantis, infanto-juvenis, poesia e um livro de crónicas. Em 2006 fundou e orienta o Atelier de Artes Plásticas Gatafunhos, espaço dedicado ao desenvolvimento da criatividade, sensibilidade e expressividade de crianças, jovens e adultos, que querem conhecer e experimentar diferentes técnicas de expressão artística, num processo criativo e lúdico. Desde novembro de 2017 o Atelier Gatafunhos funciona na Porta 33 com oficinas regulares, à terça, quarta e sábados, de setembro a junho. O propósito é a prática do desenho e do movimento do corpo a partir do programa expositivo com a colaboração, entre outros, dos convidados residentes, dos artistas convidados e da equipa da Porta33. Desde março 2020 é diretora de Serviços do Gabinete de Imagem e Protocolo, do Gabinete do Secretário Regional de Educação, Ciência e Tecnologia do Governo Regional da Madeira.

RELACIONADO: